Publicidade
Publicidade

Um dos maiores espetáculos da terra! O Carnaval é uma festa que leva milhares de pessoas para as ruas para se divertir. Muitos aproveitam o período para descansar, viajar ou se jogar na folia. Outra opção é buscar formas de como ganhar dinheiro no Carnaval

Por ser uma festa popular em várias partes do país, o Carnaval movimenta muito dinheiro em diferentes setores econômicos. Assim, a folia se transforma em um cenário ideal para venda e prestação de serviços.

Publicidade

Seja para ganhar uma grana extra ou levantar fundos para pagar aquele débito, o período é uma boa opção para complementar a renda. Neste artigo, apresentaremos algumas dicas práticas e simples para os interessados se inspirarem:

Publicidade

Como ganhar dinheiro no Carnaval?

Entretanto, antes de partir para as ideias de como ganhar dinheiro no Carnaval, é importante estar atento ao seu orçamento inicial. Antes de começar a ofertar um produto ou serviço, saber quais são os recursos disponíveis, evita que o lucro se transforme em prejuízo.

Faça as contas e saiba quanto investir. Fazer uma pesquisa de mercado para os itens que deseja oferecer, estar atento à qualidade também são etapas importantes.

Publicidade

Por fim, seja organizado com o volume de entrada e de saída financeiro. Esse controle auxiliará a chegar no fim do Carnaval com bons resultados.

Publicidade

08 ideias para faturar no Carnaval

Agora que você já sabe como se organizar para lucrar durante a folia, chegou a hora de conhecer algumas possibilidades práticas e simples. Assim, veja abaixo formas de como ganhar dinheiro no Carnaval

  • 01. Confeccione, venda ou aluguel de fantasias e adereços:

Um segmento do comércio com muito potencial durante o Carnaval é o de adereços como camisetas engraçadas, bandeiras, chapéus e outros acessórios personalizados. Normalmente, os foliões utilizam acessórios pelo corpo criando fantasias. Nesse caso, a venda de adereços pode atrair um bom público.

Ainda falando em adereços de carnaval, outro empreendimento com boa possibilidade de retorno é a venda de fantasias e abadás. Apesar desse serviço exigir um grau de especialização maior, é possível, além disso, a dica é buscar uma parceria com alguma loja ou vendedor ambulante, produzindo produtos exclusivos, ou utilizando seus espaços para a venda de seus produtos.

Já para os costureiros e artesãos a oportunidade de explorar a criatividade e criar modelos se torna uma atraente forma de renda extra.

Para quem vai se aventurar sem parcerias, uma dica é montar uma loja virtual para expor os produtos, afinal de contas o marketing e o e-commerce são fatores que atraem o cliente. A responsabilidade começa pela criação e confecção, segue pelas estratégias de marketing e e-commerce, para finalmente chegar ao financeiro e logística de entrega.

  • 02. Serviço de maquiagem para festa:

Esse trabalho vai envolver técnica e experiência, beleza? Entretanto, é uma boa opção e pode abrir as portas para além do Carnaval. Então se você tem experiência em fazer maquiagens simples e/ou artísticas, essa também é uma excelente oportunidade.

Entre os primeiros passos estão: a atenção às tendências do ano, a criação de um perfil nas redes sociais, e a montagem de um portfólio com algumas ideias e maquiagens.

A organização também é importante. Trabalhar com bons produtos e oferecer o serviço com data e horários agendados aumenta a credibilidade da oferta.

  • 03. Barraquinha de bebidas e/ou gelo:

Uma dica bastante óbvia, mas que não pode ficar de fora desta lista é a venda de bebidas e gelo. Afinal, o cenário proporcionado pelo carnaval é ideal para esse tipo de serviço.

Montar uma barraca em local estratégico com estrutura para serviço de bebidas alcoólicas e não alcoólicas é uma ideia. Antes de tudo, realize uma pesquisa de mercado para escolher qual o melhor ponto e descobrir seu público alvo.

Por fim, o planejamento da quantidade de bebidas a serem vendidas e a busca de fornecedores de confiança, com a implantação de uma estratégia de marketing criativa finalizam a lista de tarefas. Além disso, busque alternativas para facilitar o pagamento, com Pix por QR Code e máquina de cartão de crédito e débito, por exemplo.

Entretanto, antes de começar o negócio, é importante checar se não há necessidade de cadastro de vendedores ambulantes na sua cidade durante o carnaval.

Opções incluem procurar empresas que credenciam vendedores ou encontrar uma vaga temporária em bares, por exemplo.

A mesma situação vale para a venda de alimentos, principalmente para o “fim de festa” quando a fome chega.

  • 3.1. Geladinho alcoólico:

Outro item que é a cara do Carnaval e do verão é o geladinho/sacolé. Esse refresco é uma boa opção para refrescar os foliões e pode ganhar novos sabores, inclusive opções alcoólicas.

  • 04. Venda de refeições ou lanches:

Como já citado, o segmento alimentício também aumenta bastante durante o carnaval e tem clientela garantida. A ideia é investir no preparo de pratos rápidos e leves, claro, com qualidade que pode otimizar o tempo do folião e do vendedor.

Seja na venda de sanduíches naturais, lanches e churrasquinho durante a folia, o consumo de energia é grande. Entretanto, é preciso ficar atento às regras da vigilância sanitária para não ter nenhum problema no cumprimento das leis.

Ainda, as estratégias de escolher pontos, conhecer o público alvo e apostar na qualidade dos produtos são fundamentais. Personalizar um veículo, criar uma identidade visual, montar um cardápio tentador e criar opções de marketing como redes sociais são outras dicas que ajudam no sucesso do negócio.

Os food trucks ainda podem ser uma excelente oportunidade para quem pretende começar a empreender no Carnaval e dar continuidade ao projeto.

  • 05. Aluguel de casa para temporada:

No Carnaval, muitas pessoas viajam. E seja pela alta de turistas na cidade ou por pessoas que buscam mudar de ares, o aluguel é uma forma de ganhar dinheiro simples e sem muita demanda de trabalho.

Alugar uma casa, apartamento ou até mesmo um quarto, uma edícula extra pode gerar renda extra, afinal, hoje em dia muitas pessoas preferem acomodações mais “alternativas” do que hotéis, já que costumam ter preços mais acessíveis. Plataformas como o Airbnb e o Booking disponibilizam uma opção de anunciar online.

  • 06. Pet sitter ou dog walker:

Uma das profissões inusitadas que têm gerado renda extra e vem ganhando espaço nos últimos anos é o cuidado de animais de estimação. A função ganha ainda mais visibilidade em espacial em grandes cidades e em épocas de viagens, quando muitos tutores ficam fora de casa e procuram profissionais que possam cuidar e passear com seus bichinhos nesse período.

Durante o Carnaval, a procura por esse tipo de cuidador pode aumentar e, se a paixão pelos animais de estimação for compartilhada, a opção pode gerar renda extra e ainda bem-estar emocional.

  • 07. Trabalho como motorista de aplicativo:

Outra forma de ganhar dinheiro extra no Carnaval é optando por atuar como motorista de aplicativo, seja com o veículo próprio ou alugado. Nas festas, muitas pessoas ficam até mais tarde na rua e/ou exageram no consumo de bebidas alcoólicas, o que aumenta a procura de um “motorista alternativo”.

Assim, o primeiro passo é se cadastrar como motorista em plataformas como Uber e 99, ou outra disponível na cidade.

Uma das dicas mais importantes, além da manutenção do veículo limpo para receber os passageiros, é estar próximo de pontos, em horários de saídas de festas e bloquinhos. Monitorar com atenção às regras de trânsito como mudanças de sentido de pista ou ruas bloqueadas torna a oferta do serviço agradável.

  • 08. Trabalhar como segurança

Por fim, outra função que costuma ter uma demanda maior durante as festas de Carnaval é a de segurança. Devido à alta demanda e grande público, em muitos eventos, os organizadores contratam seguranças para garantir a segurança dos participantes.

Sendo assim, vale a pena ficar de olho em anúncios de vagas em grupos de eventos ou entrar em contato com empresas deste meio para tentar um freelance de segurança no carnaval.

Assim, como ganhar dinheiro no Carnaval…

Existem várias maneiras de ganhar um extra em períodos festivos, e no Carnaval não é diferente. Com essas dicas agora é só escolher o melhor método e por “a mão na massa”, sempre atendo a organização e planejamento das atividades.

Se gostou do conteúdo, acompanhe nosso site e encontre mais formas que auxiliam na sua vida financeira.